O QUE MINHA EMPRESA PRECISA PARA CRESCER - CONCEITO DO PORCO ESPINHO




Se você não consegue ser o melhor do mundo em seu negócio estratégico, então o seu negócio não pode formar a base de seu conceito porco-espinho.

O conceito do porco-espinho de Jim Collins, no livro “Empresas Feitas Para Vencer”, explica que para uma empresa ter seu sucesso sustentado é necessário responder a três perguntas:


- O que eu gosto de fazer?

- O que eu sei fazer muito bem?

- O que as pessoas me pagariam para fazer?


Os porcos-espinhos são mais metódicos, focados, disciplinados, com uma grande visão e um grande conceito capaz de explicar o mundo. Desta forma, a alta performance está associada a um foco bem restrito e muito bem definido baseado na disciplina. Ora, se as empresas de sucesso são porcos-espinhos, a orientação é clara: seja você, também, um porco-espinho!


Platão, Dante, Dostoiévski e Nietzsche seriam porcos-espinhos.


O conselho pode ser um instrumento útil. Mas, a estratégia, em si, não diferenciou as empresas “feitas para vencerem” das empresas mais generalistas, desfocadas, que perseguiam vários objetivos. O que importa é que toda empresa “feita para vencer” descobriu como produzir retornos econômicos verdadeiramente superiores.


A estratégia do porco-espinho parece apropriada para você?

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo